30 de August de 2021

O novo DS do século XXI

Gerações de seniores convivendo e se desenvolvendo juntas para a construção de uma nova sociedade, mais humana e harmônica

Fabio Oda: "O DS tem o papel de ser uma pessoa que tenha a força, a coragem, a virtude, a integridade, como condições para que todos ao redor se desenvolvam felizes"

O DS do Século XXI: levando felicidade aos seus companheiros

Coral Uirapuru da DS

Plena convicção nos ideais da SGI

O mundo mudou muito desde a fundação da Divisão Sênior (DS), há 55 anos. O perfil do novo membro da DS da Soka Gakkai é composto por homens fortes mas compreensivos, gentis e conhecedores das dificuldades da vida e, devido a isso, prontos para estruturar seus pares com coragem.


O perfil da DS é bem diferente da geração dos pioneiros. Apontamentos quanto às características são do capítulo Coroa de Louros, do volume 10, do romance Nova Revolução Humana, de Daisaku Ikeda, “que o período da DS é mais longevo, se formos considerar o tempo médio de vida de cada pessoa, é possível considerar que metade ou mais da metade ela passa na DS. Por isso, na DS existem pessoas formadas em períodos diferentes. Temos hoje jovens de 35 anos até grandes pioneiros octagenários, nonagenários. São diferentes faixas etárias convivendo juntas”, disse Fábio Oda, atual coordenador da DS da BSGI.


Segundo Fábio, “os integrantes de hoje são pessoas das gerações X e Y, nascidos das décadas entre 1960 a 80”. Oda explica que a Geração X foi marcada pelo respeito à autoridade e resistência às mudanças. Já os Y são mais flexíveis, tiveram mais condições para aceitar mudanças. “Portanto, na fase adulta, estes perfis predominam. O grande desafio desses  seniores é a convivência com a Geração Z, dos filhos, absolutamente tecnológica, individualista. E os conflitos são inevitáveis. Buscar um caminho que perpasse e contemple todos é o grande desafio do DS de hoje”, ressaltou.


Fábio citou outro desafio: a sociedade deste século XXI é muito diferente das que estas pessoas viveram em sua juventude. Ele coloca que há ainda resquício de determinadas ideias, hoje ultrapassadas, pois não é algo que se suprima com um estalar de dedos. O coordenador da DS da BSGI enfatiza ainda que os conflitos são muitos, pois existem os que se policiam e se disciplinam para abolir práticas discriminatórias; há os que querem fazer isso mas nem se dão conta de que praticam determinados atos e compõem o grupo também os que resistem, pois são pessoas que foram formadas por uma geração em que não se contestava nada disso. “O DS era o chefe, o líder e sua palavra era a ordem final. Hoje, ele tem de ser um novo líder, aquele que dá apoio e ouve a todos, sugere e acata a opinião; tem de ser o pilar que sustenta o equilíbrio e a harmonia entre as pessoas”, propõe.


E ele enumera mais um desafio: estabelecer uma relação, uma conexão empática com a juventude da BSGI. “O sênior da BSGI tem que buscar um modo para que a comunicação se estabeleça fluida. Que haja troca, que haja companheirismo e, principalmente, que o DS possa passar ao jovem o sentimento de Shitei Funi [mestre e discípulo]para encontrar a sua forma de atuar em comunhão com os ideais da SGI, por meio da descoberta do potencial que cada um possui e que clama por emergir”.


Grupos de treinamento e artístico


A DS possui grupos de treinamento e um artístico, para que cada um possa desenvolver-se e aprimorar sua prática budista. Os grupos de treinamento são: Mangetsu, Ohjokai, Campestre e Alvorada; e o artístico é o Coral Uirapuru, fundado em 1983. As funções de cada um:



Infelizmente a pandemia trouxe uma paralização das atividades presenciais. Mas os integrantes mantém-se conectados de forma virtual.


Dia 24 de agosto


Em 1976, o presidente da SGI, dr. Daisaku Ikeda, dedicou a data do dia 24 de agosto – dia de sua conversão ao budismo Nichiren – como o Dia da Divisão Sênior. “Ele instituiu essa data aos seniores para que todos possam trilhar o caminho da Revolução Humana junto com ele”, explicou Oda. “E também para que todos possam resgatar o ponto fundamental de sua prática, transformando todos os desafios da vida”.


Foram instituídas 6 diretrizes aos membros da DS de todo o mundo:



“A pessoa que adotar essas 6 diretrizes terá condições de conduzir sua vida ao caminho da felicidade, e ainda, ser o modelo a ser seguido por todas as pessoas ao seu redor. O DS tem o papel de ser uma pessoa que tenha a força, a coragem, a virtude, a integridade, como condições para que todos ao redor se desenvolvam felizes. Como um pilar, será capaz de sustentar as estruturas mesmo em meio a qualquer adversidade”, finalizou Oda.

Voltar para o topo

Outras notícias

October de 2021

September de 2021

August de 2021

July de 2021

June de 2021

May de 2021

April de 2021

Mais notícias

Notícias + lidas

Sede Central da BSGI
Rua Tamandaré, 1007
Liberdade - São Paulo - SP
Brasil
CEP: 01525-001
Telefone
+55 11 3274-1800

Informações
informacoes@bsgi.org.br

Relações Públicas
rp@bsgi.org.br
Informações Gerais
Contatos
Newsletter

Redes Sociais
Facebook
YouTube
Instagram
Twitter
Sites Relacionados
Soka Gakkai Internacional
Daisaku Ikeda
Josei Toda
Tsunesaburo Makiguchi
Cultura de Paz
Editora Brasil Seikyo
CEPEAM
SGI Quarterly
Escola Soka do Brasil
Extranet BSGI