19 de Junho de 2018

Por uma medicina verdadeiramente humanística

Universidade Soka da América prepara-se para preparar uma geração de profissionais das Ciências da Vida

Jackie Mils: jovem médica e gradada pela SUA

Vista aérea da Universidade Soka da América

A jovem médica obstetra Jackie Mills é graduada pela 4ª turma da Universidade Soka da América (SUA) e decidiu fazer uso de suas férias para vir ao Brasil, a exemplo de diversos outros colegas da SUA, para incentivar outros jovens a conhecer um pouco mais sobre o Sistema Educacional Soka, em especial, o curso de Artes Liberais oferecido pela SUA e também sobre o ideal de criar uma Medicina Humanista com base nos ideais Soka. Sua palestra, aberta a todos os interessados, aconteceu no auditório do Centro Cultural da BSGI, em 15 de maio último.


“Foi ali que adquiri a base essencial para me tornar uma profissional de saúde realmente preocupada com o bem estar das pessoas”, disse Jackie. Após a graduação na SUA, Jackie optou pelo mestrado em Políticas Públicas. Foi ali que nasceu o desejo de ser médica. “Nunca pensei nisso antes de começar a atuar junto a médicos após o mestrado”, explanou. Havia um distanciamento palpável entre estes profissionais e sua clientela e Jackie sentia-se inconformada com a situação.


Isso a levou à reflexão e à decisão de cursar a faculdade de Medicina. Embora tenha sido uma mudança radical, ela declarou que fez a escolha certa. “A SUA foi fundamental para que eu encontrasse meu caminho. Hoje sei que foi a escolha correta”, enfatiza.


O professor do Colégio Soka, Caio Gonçalves, foi quem auxiliou-a na apresentação. O questionamento que a motivou foi: por que a Medicina é algo tão distante das pessoas comuns?. A partir disso, pôs-se a refletir sobre como deveria ser um médico verdadeiramente humanista, ou seja, empenhado no bem estar de seus pacientes.


As ciências contemporâneas vêm se empenhando cada vez mais na busca pelo conhecimento e esquecendo-se do fundamento mais essencial de todos que é o ser humano. A coisificação do indivíduo, o distanciamento dos sentimentos, são apenas alguns dos fatores que contribuíram para a situação atual.


O humanismo Soka, ao contrário, enfatiza que o fim e os meios têm de partir de e para o ser humano. À medida que vida estende sua influência à circunvizinhança, o meio ambiente automaticamente muda de acordo com a condição de vida. Então, o meio ambiente – que é o reflexo da vida de seus habitantes – sempre adquire as características dos que nele habitam (trecho do livro Vida, um enigma, uma joia preciosa, de Daisaku Ikeda). Ou seja: ao mudarmos, o meio muda junto assim como seus membros.


O que o Sistema Educacional Soka busca promover é a valorização do pensamento crítico, da criatividade para a resolução de problemas, motivação e persistência junto com a resiliência de forma a formar cidadãos capazes de transpor quaisquer desafios.


“Em meio primeiro dia de aula na faculdade de Medicina, em um auditório maior que este e repleto sem uma única cadeira vazia, houve um momento em que me senti acuada e insegura, pois estava ali sentada junto a estudantes muito talentosos. Porém, quase que no mesmo instante, me lembrei das aulas na SUA em que nos disseram: ‘vocês são seres humanos únicos! Não existe um só ser na face da Terra igual a você. E cada um aqui possui qualidades únicas. Jamais se sintam incapazes!’. Aquilo me acalentou e hoje sei que sou uma médica humanista Soka”, ressaltou Jackie com grande ênfase.


Sua concepção de Medicina Hunamística é baseado em três pilares:
1. Unir as humanidades e a ciência, para enxergar o ser humano holisticamente, possuidor de múltiplas inteligências
2. Possuir um pensamento crítico e criativo, para olhar para o outro como um igual e como um ser integral
3. Construir uma cidadania contributiva, para devolver à sociedade o que dela recebeu, ter sempre em mente que é preciso fazer o bem.


A SUA está hoje construindo um grande Complexo Educacional voltado às Ciências da Vida. O objetivo é ser um grande celeiro de novas gerações de profissionais voltados ao bem-estar humanidade, sempre tendo em vista os ideais da Educação Soka.


A Universidade Soka da América


A Universidade Soka da América é uma faculdade de artes liberais e pós-graduação privada, sem fins lucrativos, com cursos de quatro anos, localizada em 103 acres em South Orange County, Califórnia, na cidade de Aliso Viejo. A SUA está localizada no centro de um pólo de oportunidades culturais, educacionais, esportivas e de aventura do sul da Califórnia. Está classificada nacionalmente entre as 50 melhores faculdades nacionais de artes liberais e entre as 10 melhores faculdades de melhor valor no ranking estadunidense "Best Colleges 2017", da US News & World Report.


O SUA oferece uma proporção aluno/docente de 8:1 (tamanho médio das turmas: 12 alunos) e o estudo no exterior está incluído na matrícula para que cada graduando passe um semestre vivendo e aprendendo outra cultura. Orgulhosamente fundamentado nos princípios humanísticos do Budismo de Nichiren Daishonin, de paz, direitos humanos e da dignidade da vida, a SUA oferece um currículo não-sectário aberto a estudantes de todas as nacionalidades e crenças. Cerca de 60% dos estudantes vêm dos EUA e 40% são oriundos de cerca de 45 outros países. (http://www.soka.edu/)

Voltar para o topo

Outras notícias

Junho de 2018

Maio de 2018

Abril de 2018

Março de 2018

Fevereiro de 2018

Mais notícias

Notícias + lidas

Sede Central da BSGI
Rua Tamandaré, 1007
Liberdade - São Paulo - SP
Brasil
CEP: 01525-001
Telefone
+55 11 3274-1800

Informações
informacoes@bsgi.org.br

Relações Públicas
rp@bsgi.org.br
Informações Gerais
Contatos
Newsletter

Redes Sociais
Facebook
YouTube
Instagram
Twitter
Sites Relacionados
Soka Gakkai Internacional
Daisaku Ikeda
Josei Toda
Tsunesaburo Makiguchi
Cultura de Paz
Editora Brasil Seikyo
CEPEAM
SGI Quarterly
Escola Soka do Brasil
Extranet BSGI