04 de August de 2022

Uma escola essencialmente humanista

O novo reitor da Universidade Soka fala sobre os planos dessa instituição de ensino para o futuro

Universidade Soka está localizada na cidade de Hachioji, Grande Tóquio.

Professor doutor Masashi Suzuki, novo reitor da Universidade Soka

Desde a sua fundação, a Universidade Soka vem se notarizando pelo globalismo e multiculturalismo de suas ações. O novo reitor, professor doutor Masashi Suzuki concedeu entrevista aos veículos de comunicação da BSGI e falou sobre os projetos em andamento e as expectativas para o futuro.



Em 2021, a Universidade Soka comemorou seu 50º aniversário e, para a ocasião, formulou um plano de médio a longo prazo denominado Soka University Grand Design 2021-2030, que são metas para os próximos 10 anos e enfatizou os quatro pilares: Educação, Pesquisa, ODS e Diversidade. “Em 2019, estabelecemos o Centro de Promoção dos ODS”, iniciou o reitor. Consiste em cadastrar as Escolas Associadas da UNESCO que promovem os ODS, e as escolas de Ensino Médio dos arredores com a finalidade de estabelecer parcerias e troca de aprendizados e tecnologias sociais.


“Desde de 2019, realizamos um evento anual denominado ‘Criação de Valor x ODSs’, que consiste em uma série de palestras e simpósios de pesquisadores do Japão e do exterior, bem como eventos de participação cidadã para apresentar os esforços locais”, explicou. O que alertou os acadêmicos da Universidade foi o acirramento das discussões sobre a preocupante questão do aquecimento global. “Visando um campus neutro em carbono no futuro, criamos um roteiro concreto e todos os professores e alunos da universidade trabalharão juntos para tomar ações concretas”, ressaltou o reitor.


O professor também enfatizou que um dos norteadores de todo o plano foi a palestra do fundador da Universidade, o presidente da SGI, Dr. Daisaku Ikeda, na Universidade de Colúmbia, de Nova York, em 1996. Esse foi um evento que, ao longo dos anos, se tornou emblemático, já que inúmeros educadores, pensadores e autoridades até hoje se utilizam dele para ilustrar seus escritos e pesquisas voltados à educação para a cidadania global.



O reitor Suzuki enumerou as três condições citadas por Ikeda na ocasião: sabedoria, coragem e compaixão como requisitos para o estabelecimento de verdadeiros cidadãos do mundo. E, segundo Suzuki, estabeleceu os quatro tipos de educação: educação para a paz, educação para os direitos humanos, educação para o desenvolvimento e educação ambiental. “Esses quatro tipos de educação podem ser considerados os protótipos da Carta da Terra e dos ODS”, argumentou. Com base nisso a Universidade Soka desenvolveu quatro cursos de educação que se apoiam nos ODS como meta e fundamento.


Um centro de excelência em Educação Humanística



Segundo o reitor, a Universidade Soka e a Soka Gakkai são organizações educacionais onde se coloca em prática a Educação Soka, termo cunhado pelo fundador da Soka Gakkai, o educador Tsunesaburo Makiguchi, que definiu o propósito da educação como "permitir que os alunos tenham uma vida feliz". A base da Educação Soka é a crença de que todo ser humano tem infinitas possibilidades de se desenvolver. Para tanto, os professores têm de estar cientes desse potencial e, a partir disso, fazer florescê-las em seus alunos, confiando totalmente uns nos outros como seres iguais. “Este é o verdadeiro caminho da educação e o espírito fundamental da Educação Soka”, enfatizou Suzuki.



Ele sustentou que para superar a crescente pressão no mundo atual relacionada ao sectarismo, é essencial buscar uma dimensão mais profunda de igualdade que transcende diferenças como raça e religião. A filosofia da Educação Soka está atraindo cada vez mais atenção como uma pedagogia que promove os cidadãos do mundo baseado numa visão verdadeiramente igualitária e estabelece um caminho para um futuro de esperança. Para tanto, desde a sua fundação, é uma das instituições japonesas com o maior número de intercâmbios acadêmicos internacionais. São 228 universidades em 63 países!



A proposta de paz de 2022 do Dr. Ikeda endereçada à ONU, cita o programa de bolsas a refugiados. Trata-se do Programa de Educação Superior para Refugiados em parceria com o ACNUR (Alto Comissário das Nações Unidas para Refugiados) estabelecido em 2016. “Em 2021, também assinamos um sistema de admissão para refugiados em cursos de pós-graduação”, explicou. Dessa forma, estudantes refugiados de Mianmar, Síria e Uganda estudaram na Universidade Soka e obtiveram ótimos resultados, encontrando emprego em empresas de ponta ou ingressando em cursos de pós-graduação. Há ainda um programa em parceria com a JICA (Agência de Cooperação Internacional do Japão) que oferece bolsas a estudantes sírios, desde 2017. E, mais recentemente, foi anunciada a participação no Japan-Ukraine University Pathways e aceitará até 5 estudantes ucranianos após o outono. Com todas essas ações busca-se honrar um dos princípios fundamentais da instituição: ser uma “fortaleza para a proteção da paz da humanidade.



Atualmente, cerca de 600 estudantes internacionais cursam a Universidade Soka e, dessa forma, estabelece-se um ambiente para que estudantes japoneses e estudantes internacionais trabalhem juntos para o crescimento mútuo.


Legado para a humanidade



A civilização humana está vivendo momentos bastante desafiadores. Além dos conflitos armados, há o descrédito crescente pela ciência e tecnologia e, muito devido a isso, o total descaso com a preservação dos recursos naturais. “A educação Soka é uma filosofia educacional baseada no fundamento do budismo, que se baseia na dignidade da vida, e pressupõe que todos têm infinitas capacidades. A visão suprema da vida leva à educação do cidadão mundial que transcende as barreiras raciais e religiosas e considera toda a humanidade como algo inestimável. Além disso, reconhecemos o maior valor no meio que nos cerca, por isso valorizamos a educação ambiental”, esclareceu o reitor.



Para dar continuidade a todas as metas propostas, em outubro deste ano a Universidade Soka realizará o 1º Simpósio de Educação para Cidadania Global (1st World Citizen Education Symposium). “No futuro, quero trabalhar em conjunto com todos os parceiros do mundo para desenvolver muito mais a Educação Soka”, afirmou o reitor.
O objetivo maior da Universidade Soka é tornar-se um centro de referência para estudantes de todo o mundo que desejam cursar a graduação ou a pós a fim de se dedicar à solução de problemas globais. “Como mencionado anteriormente, nosso objetivo é nos tornarmos um local para a educação humana multicultural, representativa de cada região do mundo”, ressaltou Suzuki.



Ele citou com ênfase a mensagem do fundador, Daisaku Ikeda, enviada à cerimônia de início de aulas de 2022, na qual ele convocou os novos ingressantes a “se tornarem uma referência de aprendizado e criatividade que conecta e aprimora as pessoas globais!”. Suzuki reiterou que a missão do seu corpo discente está bem expressa na palavra ‘conectar’. Em outras palavras, o dr. Ikeda delegou a cada estudante Soka a missão de unir as pessoas do mundo e ampliar os limites da criatividade humana. “De acordo com esta mensagem, a Universidade Soka continuará a contribuir para o desenvolvimento da civilização e empreenderá todos os esforços para edificar cidadãos do mundo que contribuam para a edificação de um mundo de paz”, encerrou o reitor Suzuki.

Voltar para o topo

Outras notícias

September de 2022

August de 2022

July de 2022

June de 2022

May de 2022

April de 2022

Mais notícias

Notícias + lidas

Sede Central da BSGI
Rua Tamandaré, 1007
Liberdade - São Paulo - SP
Brasil
CEP: 01525-001
Telefone
+55 11 3274-1800

Informações
informacoes@bsgi.org.br

Relações Públicas
rp@bsgi.org.br
Informações Gerais
Contatos
Redes Sociais
Facebook
YouTube
Instagram
Twitter
Sites Relacionados
Soka Gakkai Internacional
Daisaku Ikeda
Josei Toda
Tsunesaburo Makiguchi
Cultura de Paz
Editora Brasil Seikyo
CEPEAM
SGI Quarterly
Escola Soka do Brasil
Extranet BSGI