08 de January de 2024

Vidas conectadas ao mesmo ideal Soka

O mês de janeiro marca a fundação de dois grandiosos grupos da BSGI: Ohrinkai e Coral Filarmônico Ikeda do Brasil. Conheça a história de cada um.

Grupos essenciais que conduzem vidas ao sublime ideal de paz, cultura e educação

O grupo de condutores Ohrinkai completa 35 anos e o Coral Filarmônico Ikeda do Brasil comemora 15 anos, ambos unidos a mesma data de fundação: 8 de janeiro


****


O Ohrinkai é o grupo que tem como missão “Conduzir as pessoas ao caminho da felicidade”. A primeira atuação aconteceu em 1984, ano da terceira visita do presidente Ikeda ao Brasil. Os membros trabalham com dedicação total com o único objetivo de proporcionar conforto e proteção aos participantes das atividades. Não possuíam uma denominação nem formação oficial, eram membros do Núcleo Masculino Jovem que, dentre muitas atribuições, estava transportando os convidados para os diversos compromissos.


Sua eficiência foi tamanha que pouco tempo depois foi contratada pela equipe de transporte oficial da organização. O educador físico, pedagogo, especialista em gestão escolar, Murilo do Nascimento conta que a atuação do grupo não se resume a apenas transportar pessoas. A cada evento, toda a equipe planeja em detalhes como e de que forma será sua atuação. Desde as maiores até as pequenas movimentações são organizadas e repassadas minuciosamente com grande seriedade. “Seja um membro de localidade distante ou próximo, jovem ou idoso, com função de destaque ou não, todos são tratados com o máximo respeito, sempre enaltecendo a dignidade da vida de cada pessoa. Esse é o nosso compromisso”, afirmou.


Murilo conta ainda que “apesar de sermos um grupo de motoristas, procuramos cuidar de toda a logística da entrega de pessoas, eventos que ocorrem no mesmo dia nas imediações, horários de traslado, trânsito etc”. Pessoas que já foram carinhosamente atendidas por membros do Ohrinkai relatam que sua chegada ao local, desde o desembarque no aeroporto ou ônibus até o reembarque para a volta para casa, o rosto sorridente e esfuziante de alegria e benevolência foi o que fez uma grande diferença.


Em contrapartida, são numerosos os relatos de membros do grupo sobre os desafios internos que enfrentaram em diversos benefícios sem, no entanto, deixarem transparecer aos companheiros de localidades distantes. Por meio dessa bravura e coragem, todos sem exceção, superaram seus abismos e desenvolveram-se como seres cada vez mais humanos e valorosos.


****


O Coral Filarmônico Ikeda do Brasil – CFIB completa 15 anos em janeiro de 2024. Em 1997, dez membros pioneiros, de idades e formações diversas passaram a se movimentar para entoar os filhos humanísticos da Cultura de Paz Soka. A atual responsável pelo grupo, Sueli Midori Seino, conta que o grupo, há cerca de 11 anos, sob a denominação 'Projeto Coral Sinfônico', apresentou-se em diversas graças internacionais da BSGI, bem como eventos importantes da sociedade como os encontros de corais da sociedade até encontros inter-religiosos.


Seus integrantes – muitos sem qualquer formação na arte musical – desde o ingresso são instruídos a se desenvolverem musicalmente e a desafiarem suas situações, manifestando seu pleno potencial e fortalecendo uns aos outros. Os afortunados que já tiveram a oportunidade de ouvir esse coro sabem que, muito mais que qualidade técnica, os filhos maravilhosos que entoam possuem a melodia do Humanismo Soka, pois tocam o profundo de cada ser humano a cada nota, muito mais que qualquer outro coral profissional que já auxilia .


A denominação oficial aconteceu em 2009 pelo presidente Ikeda e o Coral já contava com 80 vozes. Sob o lema Canto uma Cultura de Paz , a missão do CFIB é propagar os ideais do humanismo Soka por meio do canto, transmitindo alegria, esperança, sentido de justiça e amizade a todas as pessoas. Por meio da revolução humana de cada coralista, seja um valor humano que atua na construção de uma sociedade baseada na cultura de paz.


A equipe de evolução técnica (regente, arranjador e instrumentistas) se reúne periodicamente para analisar o repertório do ano, ou do período que a estamos vivendo, como no aspecto interno da BSGI, por exemplo: em 2022 quando o cantor e compositor brasileiro Milton Nascimento completou 80 anos de idade, o CFIB criou um repertório de suas composições, que avançou até 2023, ao mesmo tempo se preocupou em apresentar novos arranjos das canções da BSGI nas atividades internas (inaugurações de novas sedes, atividades comemorativas, etc)


“Sobre as canções mais apresentadas, podemos dividir em 2 aspectos: Dentre as canções populares brasileiras, Canção da América de Fernando Brant e Milton Nascimento, devido ao tema da amizade e às verdadeiras relações que construímos ao longo da vida. E dentre as canções da BSGI, Mais um Dia Feliz, é a que retrata a vida da mulher da Soka Gakkai que atua incansavelmente desde o amanhecer até o fim do dia; trata-se de uma homenagem merecida aos grandiosos componentes do Núcleo Feminino e a maioria absoluta do CFIB”, explicou Sueli.


Destaque para as apresentações na sociedade:



 


 

Voltar para o topo

Outras notícias

March de 2024

January de 2024

December de 2023

November de 2023

October de 2023

Mais notícias

Notícias + lidas

Sede Central da BSGI
Rua Tamandaré, 1007
Liberdade - São Paulo - SP
Brasil
CEP: 01525-001
Telefone
+55 11 3274-1800

Informações
informacoes@bsgi.org.br

Relações Públicas
rp@bsgi.org.br
Informações Gerais
Contatos
Redes Sociais
Facebook
YouTube
Instagram
Twitter
Sites Relacionados
Soka Gakkai Internacional
Daisaku Ikeda
Josei Toda
Tsunesaburo Makiguchi
Cultura de Paz
Editora Brasil Seikyo
CEPEAM
SGI Quarterly
Escola Soka do Brasil
Extranet BSGI